Quando devo procurar um alergista?

Alergista Spaço Saúde Life

Compartilhe o Post

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email

Você pode identificá-los do outro lado da sala; lenço na mão, espirrando, fungando, assoando o nariz, lacrimejando e esfregando os olhos. Este é um dia a dia comum de milhões de crianças e adultos que sofrem de alergias.  

A alergia é uma reação “exagerada” do organismo ao entrar em contato com substâncias provenientes do exterior que normalmente a maioria das pessoas não reagem. São as substâncias chamadas de alergênicos. 

Uma reação alérgica é então uma tentativa de defesa exagerada ou de hipersensibilidade do sistema imunológico, que ocorre em pessoas geneticamente predispostas.  

Já sentiu que está sempre ficando doente?   

Talvez seja hora de consultar um alergista. Frequentemente, os sintomas de asma ou alergias se desenvolvem gradualmente ao longo do tempo. 

Quem sofre de alergia pode se acostumar com sintomas frequentes, como espirros, congestão nasal ou respiração ofegante. O alergista, com seu treinamento especializado, pode desenvolver um plano de tratamento para sua condição individual. O objetivo será permitir que você leve uma vida o mais normal e livre de sintomas possível.  

Sintomas de doenças alérgicas e alergias 

Existem algumas doenças alérgicas e os sintomas podem variar de acordo com o tipo e a gravidade da alergia, porém caso venha a ter algum desses sintomas constantemente, consulte um alergista: 

  • Espirros constantes ou nariz entupido 
  • Vermelhidão e lacrimejo nos olhos 
  • Manchas e coceiras na pele 
  • Às vezes, você tem que lutar para recuperar o fôlego. 
  • Tosse exacerbada  
  • Frequentemente, você fica sem ar ou sente um aperto no peito. 
  • Dores e diarreias  

Tratamentos e prevenção  

A alergia e as doenças alérgicas no geral são tratadas com medicamentos variados para o controle dos sintomas, e em caso de falha no tratamento clínico, pode-se utilizar a imunoterapia alérgeno-específica, sendo esse o único tratamento que interfere no mecanismo básico da doença alérgica. 

Não é uma doença que pode ser curada, porém, o tratamento feito corretamente pode ser bastante efetivo para o controle.  

Evitar os fatores externos que causam a alergia, uma parte importante do tratamento, é essencial para melhora do quadro, visto que as alergias sempre retornarão quando houver exposição ao alérgeno. 

Se interessou por esse assunto e quer saber mais? Agende sua consulta!

Veja outros posts

Queda capilar: As principais causas

A queda capilar é uma ação que tira o sono de muitas pessoas. Nesse sentido, certas atitudes podem acelerar este processo e prejudicar seus fios.